×
×

Telefone:
(11) 2500-0050

Telefone:
(11) 2500-0100

WhatsApp:
(11) 9.4731-8710

E-mail:
contato@believer.com.br

Siga-nos

Plano de negócio: saiba porque é importante ter uma na sua empresa

14 outubro, 2021

Você já ouviu aquela frase que diz “é preciso saber onde quer chegar para ir a algum lugar”? Para empreender com mais sucesso, é necessário contar com muito planejamento e um plano de negócio bem elaborado. Saiba mais!

Por mais que o empreendedorismo seja visto por muitas pessoas como algo que envolve burocracias, documentações e recursos financeiros, essa área vai muito além disso e, para que os empreendedores alavanquem seus resultados a longo prazo, fazer planejamentos frequentes é um fator primordial.

Antes de abrir uma empresa, o mais indicado é pesquisar mais sobre o mercado e o segmento em que vai atuar para identificar oportunidades e ameaças e, assim, fazer um plano de negócios mais estruturado: assim é mais fácil entender quais são os caminhos possíveis a serem seguidos para alcançar as suas metas.

Em períodos de crise econômica e incertezas políticas, é comum ver muitas empresas fechando ou parando as suas atividades por tempo indeterminado: empreender envolve ideias e inovação, mas também demanda estrutura e planejamento mais adequados para evitar possíveis riscos.

O plano de negócio é a ferramenta ideal tanto para abrir uma empresa de forma mais segura e eficaz quanto para manter as suas atividades, a saúde financeira e os resultados sempre em dia. Confira o porquê ter um na sua organização. Boa leitura!

O que é plano de negócio?

Antes de partirmos para os benefícios que o plano de negócio pode gerar para você e a sua empresa, é fundamental saber mais sobre o seu significado e os seus principais objetivos. Vamos lá!

Um plano de negócios nada mais é do que um documento de planejamento que tem como propósito descrever a sua organização, os objetivos dela no mercado e o que deve ser feito para alcançá-los. 

Por meio desse documento, é possível entender a sua empresa em diversas perspectivas, como a estratégica, mercadológica, financeira e operacional, indicando informações e dados preciosos para ajudar você a ter mais sucesso desde a abertura até a manutenção das atividades do seu negócio.

Por que fazer um plano de negócios para sua empresa?

Como é possível perceber por meio do que já falamos, fazer um plano de negócios é um passo essencial para quem deseja garantir diversas vantagens no universo do empreendedorismo. Confira, a seguir, os principais benefícios de colocar essa ferramenta em ação:

  • mais conhecimento sobre a sua empresa;
  • melhor visualização sobre as necessidades, perspectivas, forças e fraquezas;
  • entendimento sobre quais investimentos devem ser feitos;
  • realização de planejamentos estratégicos com mais acertos;
  • aumento das oportunidades e dos ganhos financeiros;
  • gestão mais eficaz e segura;
  • melhorias na imagem da marca;
  • possibilidade de organizar as ideias antes de começar uma empresa e orientar a expansão das que já estão em atividade;
  • credibilidade aos clientes, colaboradores, investidores, fornecedores e parceiros em geral.

Como fazer um plano de negócios?

Para conquistar todas as vantagens que um plano de negócios pode oferecer, é recomendável entender todas as áreas que esse instrumento deve conter. Pensando em ajudar você nesse processo, reunimos as principais delas ao longo deste texto. Siga conosco e aproveite!

Resumo executivo 

Como o próprio nome já sugere, essa área do plano de negócios deve conter um resumo objetivo sobre todo o conteúdo do plano, devendo ser feito apenas depois de concluir toda a ferramenta, funcionando como um guia. 

Visão e missão

Como a sua empresa deseja ser vista pelo público? Essa imagem a ser alcançada corresponde à visão do seu empreendimento, que deve ser trabalhada por meio da missão. Esta deve orientar os objetivos da sua empresa. Onde você almeja chegar no futuro com a sua marca? 

É importante pensar nos impactos que podem ser gerados à sociedade e ao mercado por meio da sua marca, a fim de orientar quais metas devem ser traçadas e quais necessidades devem ser supridas com o trabalho da sua equipe tanto na questão financeira quanto social.

Análise estratégica ou análise SWOT

Nessa parte, você deve identificar as forças, fraquezas, ameaças e oportunidades da sua marca. Então é indicado pesquisar não apenas o cenário econômico e mercadológico, mas também analisar mais informações sobre o segmento de atuação, o público da empresa e a concorrência, a fim de ter uma avaliação mais completa sobre a situação atual do seu negócio.

Plano de Marketing e Plano Financeiro

Enquanto o plano de marketing deve apresentar os meios de divulgação a serem utilizados, além de informações e valores sobre os produtos ou serviços da sua marca, o plano financeiro deve demonstrar todos os dados, em números, referentes às finanças, como quanto precisa de investimento e quanto espera faturar, por exemplo.

Mercado consumidor e mercado fornecedor

Como é possível saber o tamanho do mercado consumidor e encontrar os potenciais consumidores dos seus produtos ou serviços? É necessário fazer uma análise de mercado, entrando em contato com o seu público ou buscando dados em pesquisas já elaboradas, como a do IBGE, SEBRAE, entre outras instituições.

Empresas de qualquer segmento ou porte precisam contar com o apoio de fornecedores, então é indicado encontrar quais podem colaborar com a produção e entrega de seus produtos ou serviços para manter as atividades em funcionamento com mais segurança e eficácia.

Análise da concorrência

Quem são os concorrentes diretos e indiretos do seu empreendimento? Analisar o que a concorrência tem feito, quais são as tendências do segmento, entender os erros e acertos das outras empresas e como o público tem respondido, pode ajudar você a tomar diversas decisões, como localização, produtos, serviços, processos de inovação e outros.

Localização

A sua empresa vai ter um ponto físico ou virtual? Pretende atender mais à região em que trabalha ou expandir o seu negócio para todo o país? Esses são alguns questionamentos que você deve fazer após analisar o seu público-alvo e a concorrência da sua marca, com o objetivo de definir a área de atuação.

Processo operacional

Com as avaliações realizadas, é hora de colocar a mão na massa. Então essa parte do plano de negócios deve conter um roteiro de como tudo deve ser feito na sua empresa, indicando o passo a passo ou as etapas a serem realizadas em cada atividade.

Apesar de ser uma ferramenta que demanda bastante pesquisa, análise e atenção, o plano de negócios ajuda você a reduzir falhas e prejuízos, além de oferecer orientações mais eficientes e assertivas para traçar melhores estratégias, tomar decisões mais seguras e expandir as atividades e a lucratividade da empresa.

E aí, preparado para fazer um plano de negócios para ter mais sucesso com a sua marca? Continue de olho em nosso blog para conferir mais dicas sobre gestão, vendas, tecnologia, marketing e empreendedorismo. 

× Como posso te ajudar?